Observatório: “Die Knappen” – Os Mineiros

Schalke 04. Será esta a equipa que os dragões irão encontrar nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Um adversário acessível aos olhos de muitos, e uma viagem à mítica Arena AufSchalke, em Gelsenkirchen, cidade onde o FC Porto se sagrou campeão europeu na temporada de 2003/04. Os dados estão definitivamente lançados…

Comecemos por introduzir o futuro adversário portista, geográfica e historicamente. Gelsenkirchen é uma cidade alemã pertencente ao estado federal de Renânia do Norte, no oeste da Alemanha. Actualmente, conta com cerca de 274 mil habitantes. Mas Gelsenkirchen é definitivamente uma cidade repleta de misticismo – no início do século XX, era a mais importante cidade da Europa na exploração mineira de carvão. Era designada como “a cidade dos mil fogos”, devido à quantidade de fumo que era sempre possível avistar nos seus céus. Durante a época nazi, Gelsenkirchen era um centro de produção de carvão, com inúmeras carvoarias. Curiosamente, o plantel do Schalke 04 foi durante largos anos constituído maioritariamente por mineiros, que patrioticamente serviam o país nas duas actividades. A história tratou de “honrar” este grande clube, que é actualmente carinhosamente designado como “Die Knappen” – Os Mineiros.

Observatório: Die Knappen   Os MineirosCuriosamente, e apesar de não deter um historial equiparável a outros clubes alemães, como o Bayern Munich, Werder Bremen ou Borussia Dortmund, o Schalke 04 é dos clubes com maior popularidade do país, sendo ainda considerado o segundo clube com a maior massa adepta alemã. A estatística não mente, e a temporada de 2004/05 é bem exemplificativa: num recinto com capacidade para 61.481 espectadores, a média situou-se nos 61.387 adeptos. Notável. Não vencendo a prova maior do seu país desde 1958, tem no entanto vindo a crescer exponencialmente, alcançando o vice-campeonato em 2001, 2005 e 2007. Quer na temporada de 2000/01 quer em 2006/2007, a sorte foi madrasta para os mineiros, que literalmente morreram na praia. Depois de excelentes percursos vitoriosos, o campeonato acabou por ser irremediavelmente perdido nos últimos instantes da prova, para Bayern e Estugarda, respectivamente. Actualmente, a equipa encontra-se na quinta posição da Bundesliga, a 7 pontos do 1.º classificado Bayern Munich.

Na UEFA, a história desta equipa esbate-se claramente. O Schalke conta com 25 partidas na prova maior da UEFA (em contraste com os 157 jogos já realizados pelos dragões), que resultaram em 9 vitórias e 6 empates. A qualificação para os oitavos-de-final da prova é aliás um feito inédito, sendo os mineiros estreantes nesta fase. Na Taça UEFA são presença mais comum, com um registo de 60 partidas (31 vitórias), tendo aliás vencido a prova em 1997 frente a um fortíssimo Inter de Milão, através da marca de grandes penalidades.

Para o FC Porto, a memória de Gelsenkirchen é inevitável. No local onde os portistas fizeram história há cerca de 3 anos e meio, desta feita a realidade será bem distinta. O Schalke é uma equipa que na forma de jogar poderá ser assemelhada ao actual Porto de Jesualdo Ferreira – uma equipa que gosta de jogar de pé para pé, e que tem no contra-ataque a sua maior arma. Aliás, o grande (e talvez único) nome a saltar à vista nesta equipa alemã é o de Kevin Kuranyi, ponta de lança que se celebrizou com as cores do Estugarda. Efectivamente, não serão os “nomes” a amedrontar os dragões, mas.. o futebol é forte em surpresas, e só um Porto de grande capacidade conseguirá ultrapassar mais um forte adversário. Resta-nos esperar por 19 de Fevereiro e 5 de Março de 2008 – os dias de todas as decisões.

Sugestões...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>