Michelle de Brito – Um Prodígio… Português

Como grande aficionado da modalidade, não escondo que sinto uma tremenda esperança no ténis de Michelle Larcher de Brito. Com apenas 14 anos, feitos a 29 de Janeiro, Michelle encontra-se a viver actualmente nos EUA, mais especificamente na Flórida. Actualmente treina para se tornar numa das melhores do mundo, mas a sua história poderia ter sido bem diferente.

Michelle de Brito   Um Prodígio... PortuguêsHá cerca de 5 anos, na altura com 9 anos de idade, Michelle foi detectada por um olheiro da Academia Nick Bollettieri, estava ainda em Lisboa, sua cidade natal. Com uma tentadora proposta na mão, a tenista portuguesa tinha a oportunidade única de aspirar a ser uma referência na modalidade, e não a rejeitou! Michelle e a sua família mudaram-se de armas e bagagens para os Estados Unidos, onde aliás rapidamente conseguiram uma total adaptação. A ascensão foi mete�óica, e em poucos anos Michelle passou de competições challengers e satélites para actualmente competir no quadro profissional feminino. Hoje, é a mais nova revelação da academia que já revelou tenistas como Andre Agassi, Jim Courier, Monica Seles e, mais recentemente, Maria Sharapova. E as qualidades de Michelle não deixam enganar. Apesar dos seus enganadores 14 anos, a portuguesinha tem já um ténis extremamente seguro. Destra, bate a esquerda a duas mãos, é já comparada a Maria Sharapova, não só pelo seu ténis mas também pela similaridade das suas histórias (a russa transferiu-se igualmente para a Academia de Ténis de Nick Bollettieri, ainda muito jovem). Mas curiosamente, Michelle Brito prefere Martina Hingis, que segundo ela “baseia mais o seu estilo na inteligência do que na força”.

A nível de curriculum, Michelle encontra-se actualmente a participar no seu último torneio de juniores, pois já confessou que irá partir definitivamente para o circuito profissional, uma precocidade já recorrente na Academia Bollettieri. Não será no entanto uma estreia, pois Michelle de Brito já conseguiu um enorme feito a nível profissional, ao eliminar Meghann Shaughnessy, de 27 anos e 43. no ranking feminino, em Março deste ano.
Apesar de estar a desenvolver o seu ténis nos EUA, Michelle não esquece o seu país, e até já garantiu que “sou e continuarei a ser portuguesa, não mudarei de nacionalidade!”. O futuro nos mostrará o potencial desta jovem portuguesa, mas se em Portugal ainda poucos a conhecem, nos Estados Unidos o reconhecimento é bem distinto. Prova disso é a excelente reportagem sobre Michelle, produzida pela televisão americana Trans World Sport.

Sugestões...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>